Dermatologia veterinária

Nos últimos anos, as especialidades em medicina veterinária de pequenos animais ( cães e gatos), estão ganhando cada vez mais espaço, e a DERMATOLOGIA VETERINÁRIA, está entre as mais procuradas. Isto porque, problemas dermatológicos estão cada vez mais comuns em nossos amados filhos de quatro patas. Vários fatores do ”mundo moderno” contribuem para esse aumento de problemas dermatológicos.

Além disso, a convivência mais íntima e a maior preocupação com o bem estar dos nossos bichinhos nos dias de hoje, nos permite observar determinados “sinais” antes não observados.

A pele e pelos são importantes indicadores da saúde geral de seu bichinho, assim, qualquer anormalidade pode ser um sinal de problema!

Fique atento! Seu bichinho está se coçando, esfregando-se ou lambendo-se excessivamente? Seu pelo está opaco? Há queda excessiva de pelos e/ou falhas na pelagem? Há odor desagradável em alguma área do corpo? Os banhos não duram? Se você disse SIM a qualquer uma dessas perguntas, já é uma boa razão para consultar um (a) especialista.

Alguns sintomas que devem ser observados

Seres humanos com alergias, geralmente, espirram; Animais se coçam! Ambos são respostas a um alérgeno, ou seja, uma substância a qual eles são sensíveis.

Os animais podem ser alérgicos a picadas de parasitas, a alimentos e a substâncias presentes no ambiente como pólen de plantas, poeira doméstica, mofo, etc. A identificação do tipo de alergia é importante para um tratamento e controle bem sucedidos.

O tratamento e controle das dermatites alérgicas podem ser feitos através de banhos com produtos específicos e medicamentos. Evitar a exposição ao alérgeno e dessensibilização por vacinas também são opções.

As afecções de pele causadas por bactérias são muito comuns e, geralmente, são secundárias a uma doença de base como alergias, presença de parasitas, alterações hormonais, entre outras. É de suma importância procurar um profissional especializado para tratar a infecção enquanto investiga a causa de base.

Banhos terapêuticos e/ou o uso de antibióticos fazem parte do protocolo de tratamento. Exames laboratoriais para identificar a bactéria podem ser necessários para a escolha do antibiótico adequado.

São frequentemente confundidas com outros problemas de pele. Descamação e perda de pelos são são sintomas comuns a outras doenças de pele.

Quando uma doença fúngica é suspeitada , o uso de uma luz ultravioleta pode sugerir o diagnóstico, o qual pode ser confirmado por análises microscópicas do pelo e culturas.

Tratamentos, incluindo aplicações tópicas, xampus ou agentes anti-fúngicos administrados por via oral, podem controlar ou eliminar a infecção.

Parasitas como pulgas, carrapatos, ácaros e piolhos podem ser um grave problema para seu animalzinho. A identificação correta do parasita direcionará o tratamento e as medidas necessárias para o controle efetivo.

Esses desequilíbrios podem causar alterações na pele e em outros sistemas do organismo. Eles são causados por mal funcionamento da tireóide, adrenal, pituitária e outras glândulas. O diagnóstico é realizado através de exames especializados. O acompanhamento por um veterinário (a) endocrinologista é necessário.

Antes e Depois

Consulta a domicílio

Se seu animalzinho não está bem, e prefere atendimento a domícílio para Dermatologia veterinária, agende conosco agora mesmo. Não deixe para depois os cuidados que seu amiguinho precisa o mais rápido possível.

Solicite agora um atendimento *Atendimento sujeito a disponibilidade veterinária com hora marcada!